net empregos
   . . .
net empregos  Pagina Inicial
ofertas de emprego  Ultimas Ofertas
procurar emprego  Pesquisa Avançada

   facebook net-empregos  Seguir no Facebook





Cursos e Formação





   




Empresa Cognos Formação e Desenvolvimento Pessoal

Curso Formação Avançada Pós-Universitária em Educação Inclusiva

Descrição do 
Curso
1. DESTINATÁRIOS
Educadores de Infância, Professores, Psicólogos, Técnicos de Reabilitação, Técnicos de acção Educativa, Assistentes Sociais, Animadores Sócio – Culturais e outros profissionais que atuem na área de educacional ou pretendam vir a investir nesta área.

2. OBJETIVOS
Esta Formação Avançada Pós-Universitária surge como resposta à inquestionável importância da temática da Educação Inclusiva, designação que vem substituir a anteriormente utilizada “Necessidades Educativas Especiais (NEE)” e, à emergente procura de profissionais devidamente atualizados e especializados nesta área, ao abrigo dos novos decretos-lei nº 54/2018 e nº 55/2018, de 6 de julho.

O que mudou no âmbito das necessidades educativas especiais e educação especial?
Futuramente iremos abandonar as designações de ensino especial e necessidades educativas especiais?
•Como será constituída a equipa multidisciplinar de apoio à educação inclusiva?
•Como se processa a identificação de medidas de suporte à aprendizagem e inclusão?
•Quais serão as medidas de suporte à aprendizagem e à inclusão?
•Quais serão os recursos específicos e níveis de intervenção na educação inclusiva?

Nesta Formação Avançada Pós-Universitária terá a resposta a todas estas questões e a outras temáticas inseridas no âmbito da Educação Inclusiva.

A pertinência da Formação Avançada Pós-Universitária em Educação Inclusiva é transversal aos professores, psicólogos, membros do conselho pedagógico, diretores, pais e outros intervenientes no âmbito escolar, pois proporciona formação atualizada sobre a operacionalização em sala de aula dos princípios da educação inclusiva (todas as crianças e alunos com acesso e participação, de modo pleno e efetivo, aos mesmos contextos educativos), bem como do processo de implementação das medidas de suporte à aprendizagem e à inclusão.

A mudança rumo à inclusão implica repensar a escola em todas as suas dimensões!

3. PLANO CURRICULAR


Módulo 1: Educação inclusiva (enquadramento legal) (20 horas)

Sequência cronológica da educação especial e educação inclusiva a nível mundial e em Portugal
Legislação Regulamentar em Portugal – análise da diversa legislação
Decreto – Lei nº 54/2018 de 6 de julho e Decreto-Lei nº55/2018 de 6 de julho

Módulo 2: Objetivos da Educação Inclusiva (32 horas)

Objetivos da educação inclusiva: ideias – chave e princípios orientadores
Educação inclusiva vs Educação especial
Noção de deficiência; Do segregação à inclusão
Modelo Ecológico; Modelo Biopsicossocial
Promoção da igualdade de oportunidades e o direito à diferença


Módulo 3: Público-alvo da Educação Inclusiva e perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória (32 horas)

Novas Tendências na Educação Inclusiva – modelos teóricos de enquadramento
Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória: princípios, visão, valores
Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória: áreas de competências
Práticas pedagógicas e didáticas

Módulo 4: Constituição e competências da equipa multidisciplinar de apoio à Educação Inclusiva (8 horas)

Equipa multidisciplinar de apoio à educação inclusiva
Constituição da Equipa multidisciplinar de apoio à educação inclusiva – elementos permanentes e variáveis
Competências da Equipa multidisciplinar de apoio à educação inclusiva


Módulo 5: Processo de identificação de medidas de suporte à aprendizagem e inclusão (20 horas)

Abordagem multinível e Desenho universal para a aprendizagem
Medidas de gestão curricular a desenvolver com vista ao sucesso educativo de cada aluno:
acomodações curriculares
adaptações curriculares não significativas
adaptações curriculares significativas
Abordagem Multinível em Educação – princípios subjacentes, características distintas
Níveis de Intervenção do Modelo Multinível
medidas universais
medidas seletivas
medidas adicionais
Desenho Universal para a Aprendizagem (DUA) – princípios
O Processo de Identificação de Medidas de Suporte à Aprendizagem e Inclusão


Módulo 6: Medidas de suporte à aprendizagem e à inclusão, recursos específicos e níveis de intervenção (62 horas)

Medidas de Suporte à Aprendizagem e à Inclusão: princípios
Medidas Universais
Medidas Seletivas
Medidas Adicionais
Sistema integrado e multinível de medidas de suporte
O que diz a legislação – artigo nº7 D.L nº54/2018
Relatório Técnico- Pedagógico: em que consiste, ações e prazos
Relatório Técnico- Pedagógico: elementos a incluir
Programa Educativo Individual (PEI): em que consiste e o que deve considerar/integrar
Plano de Saúde Individual
Plano Individual de Transição (PIT) : em que consiste e o que deve considerar
Processo de Implementação das Medidas de Suporte à Aprendizagem e à Inclusão
Estruturas - Recursos Humanos; Recursos Organizacionais e Recursos Específicos
Equipa Multidisciplinar; Centros de Apoio à Aprendizagem, Escolas de Referência
Centros de Recursos de Tecnologia de Informação e Comunicação (CRTIC)
Centros de Recursos para a Inclusão (CRI)


Módulo 7: Pais ou encarregados de educação - direitos e deveres (10 horas)

A Declaração de Salamanca
Estatuto dos Pais – o que diz a legislação D.L. Nº54/2018 (Artigo 4.º)
Direitos e Deveres dos Pais ou Encarregados de Educação

Escola e cultura de envolvimento dos Pais ou Encarregados de Educação


Módulo 8: Participação das famílias e comunidade, na Educação Inclusiva (6 horas)

A comunidade interveniente
Família e comunidade na educação inclusiva
Sugestões para os Pais


Módulo 9: Projeto final (70 horas)

Elaboração de um projeto final no âmbito da educação inclusiva, tendo em conta os conteúdos temáticos abordados ao longo das unidades modulares da Formação Avançada Pós-Universitária.


4. SAÍDAS PROFISSIONAIS
- Exercer docência na área da educação inclusiva (anteriormente designada por NEE / Educação Especial) em entidades de ensino particulares.
- Concursos em Autarquias com projetos educativos no âmbito da Educação Inclusiva / Educação Especial.
- Ministrar formação profissional ao nível de cursos EFA (educação e formação de adultos), de níveis B3 (9 º ano) e NS-Nível secundário (12º ano), desde que possua além da sua licenciatura o CAP (certificado de aptidão profissional). São exemplos destes cursos com unidades de formação de curta duração (UFCD) 25 horas a 50 horas na área da educação especial/educação inclusiva, os cursos de Auxiliar de Ação Educativa e Técnico de Ação Educativa, entre outros.
- Prestar apoio pedagógico na área da Educação Inclusiva.

Exemplos de UFCD que poderá ministrar:
- Crianças com Necessidades Específicas de Educação
- Formas de Intervenção Precoce em Crianças com Necessidades Específicas de Educação
- Intervenção Pedagógica em Crianças com Necessidades Específicas de Educação
- Atividades Pedagógicas com Crianças com Necessidades Específicas de Educação
- Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especiais

NOTA: Para concorrer ao concurso nacional de professores, aos grupos 910 / 920 (Educação Especial) deverá realizar uma Pós-Graduação acreditada pelo CCPFC (Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua - Universidade do Minho).

5. FORMAÇÃO AVANÇADA PÓS-UNIVERSITÁRIA - CERTIFICADO


A formação avançada pós-universitária é uma formação profissional que não atribui grau académico (Licenciatura, Mestrado ou Doutoramento). Atribui sim, um Certificado de Formação Profissional Avançada Pós-Universitária, de elevada relevância no mercado de trabalho, uma vez que comprova possuir conhecimentos e práticas avançadas em determinada área, após o seu ensino universitário.

A realização deste tipo de formação não está reservada a instituições de ensino superior.

O Certificado de Formação Profissional de Formação Avançada Pós-Universitária é emitido sempre que os formandos atinjam uma classificação final igual ou superior a 10,00 valores. A emissão é realizada através da plataforma SIGO (Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa) coordenado pelo GEPE-Ministério da Educação e Ciência, tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho.

O certificado emitido pode também ser considerado para efeitos de valorização da candidatura num concurso público ou privado, de acordo com o regulamento específico do concurso.

O certificado emitido é válido para a obtenção de créditos (ECTS), numa instituição de ensino superior, nos termos do disposto no artigo 45.º, 1 alínea f) do Decreto-Lei n.º 65/2018, de 16 de agosto, que refere:

1 — Tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico ou diploma, as instituições de ensino superior:

f) Podem creditar outra formação não abrangida pelas alíneas anteriores, até ao limite de um terço do total dos créditos do ciclo de estudos.

A Cognos Formação não é um estabelecimento de Ensino Superior, pelo que, naturalmente, não nos compete a emissão de certificados ou de títulos académicos reservados a estas instituições.

Datas Início a definir pelo formando Local Em Qualquer Parte Em Formato E-Learning

Duração 260 horas Horário

Preço

Contactos p/
Informações e
Inscrições
INSCRIÇÕES ABERTAS
Entidade Formadora Certificada pela DGERT

1.Cognos Formação e Desenvolvimento Pessoal
Site: www.cognos.pt
Telefone: 220965669 ou 910415337
Em qualquer parte em formato e-Learning